Passou um mês desde que comecei a trabalhar na Plural Entertainment. É uma honra enorme poder dar o meu contributo para ajudar no crescimento de uma das maiores e bem-sucedidas produtoras da península ibérica, e preparar a empresa para o futuro.

Com três novelas a serem gravadas simultaneamente, e quatro em edição, os desafios para encontrar o melhor equilíbrio entre qualidade e rentabilidade são constantes. E se pensarmos no médio e longo prazo, será importante para a Plural acompanhar as tendências do mercado nacional. Ajustar os preços das novelas conforme as receitas publicitarias, através de garantias de volume de produção, é um dos objetivos principais. Vamos aumentar a nossa flexibilidade, para poder servir melhor o nosso cliente principal, a TVI. 

Vivemos tempos desafiantes, a oferta para o público em casa é cada vez maior. Um dos grandes objetivos da Plural é, por isso, a internacionalização. Queremos chegar a outros mercados que nos permitam trabalhar com uma maior dimensão do que é possível no mercado nacional. E queremos também diversificar os géneros de conteúdos produzidos para a TVI: para além da ficção, criar programas de entretenimento e conteúdos documentais. 

Quero agradecer muito às pessoas que trabalham diariamente para tornar o futuro uma realidade: o talento na autoria, os elencos, a direção de produção e conteúdos, a direção artística, a coordenação de projetos, a realização, produção, fotografia, edição, equipas técnicas da EMAV, cenografia da EPC, guarda-roupa, maquilhagem e cabelos, adereços, continuidade, planificação. Estendo o agradecimento a todos os serviços à volta das produções: o departamento financeiro, recursos humanos e logística, com o apoio muito importante dos serviços centrais da Media Capital.

Sem vocês nada disto seria possível!